A IMPORTÂNCIA DE TER UM BOM CARDÁPIO

A origem da palavra Cardápio vem do Latim CHARTA DAPS, onde Charta significa “lista”, e DAPS “banquete em honra dos deuses”.

Vamos imaginar que em diversas ocasiões podemos ter um cardápio:

- Cardápio semanal de uma dieta,

- Cardápio de um evento,

- Cardápio semanal de uma residência,

- Cardápio do dia de uma lanchonete,

- Cardápio de um restaurante..., entre outros.

Em todos os casos, podemos dizer que se o conteúdo não for bom, ele não se venderá.

Quando falamos de uma casa de família, não estamos tratando da estética, e sim de preços, posicionamento, fotos, entre outros, mas sim do “conteúdo”:

- Será que todos gostam destes alimentos que estou propondo nesta semana?

- Será que agrada em cada refeição o gosto coletivo?

- Vamos abrir exceções individuais?

Uma casa é uma casa, e ela não pode ser tratada como um restaurante. Precisamos sempre chegar a um meio termo que agrade a todos, mas concentrando tudo isso em um uma refeição coletiva, abrangendo ao máximo os gostos pessoais.

Em um evento é parecido mas de uma forma diferente, por ser um acontecimento aonde estamos oferecendo algo aos convidados, devemos ser mais abrangentes, conseguindo assim, desta forma, cobrir quase que inteiramente as necessidades individuais de cada um. Temos que ter sempre uma proteína de cada tipo, folhas, legumes, carboidratos, entre outros.

Bebidas igualmente, pois o que conta é não deixar ninguém de fora.

Vamos imaginar que eu dê uma festa com risoto de aspargos, refrigerantes, whisky, água, e para finalizar uma mousse de maracujá.Com certeza não será um sucesso, pois nem todo mundo gosta do que eu gosto, e quando recebemos, o evento tem que ser um sucesso. De forma contrária é melhor poupar o dinheiro para algo diferente.

Em um restaurante é igual, mas diferente também...

Temos que ter de tudo e agradar ao maior número de pessoas conforme o conceito da casa. Aos que estão de dieta, aos que não comem porco, aos vegetarianos, aos gastrônomos, loucos por doces, entusiastas, etc...

Para se ter um bom cardápio profissional temos que estudar muito e refletir diversas vezes pois o mesmo será a raiz do negócio, por pelo menos 6 meses.

Ai me perguntam:

-Porque é tão complicado?

Eis as respostas/ dificuldades a seguir:

- Cardápio montado sobre gostos pessoais,

- Cardápio montado sobre o gosto dos outros,

- Cardápio montado sobre a cópia de concorrentes,

O cardápio é algo único, que tem que ser bem estruturado no âmbito de sua engenharia. Falo de engenharia pois a mesma será a união dos pilares de um negócio. Uma casa sem pilares não tem sustentação, assim como um cardápio.

Seus pilares são diversos, mas isso é para um próximo post.

Últimos Posts
Posts Recentes